« Voltar

A importância da hidratação na hora de pedalar

A importância da hidratação na hora de pedalar

Manter o corpo hidratado faz bem para a saúde e para ter um bom desempenho na hora de pedalar.Todos nós sabemos disso, mas, algumas vezes, esquecemos da garrafinha de água, o que pode nos custar um bom resultado na prova ou até uma sensação de mal-estar no treino com os amigos. A hidratação é fundamental no ciclismo, ainda mais durante a prática da atividade física nos tempos quentes, úmidos a altitude elevada. A desidratação pode ocasionar fadiga muscular, câimbras, esgotamento e a perda de sentidos.

Importância da água para o coração

Além desses problemas citados acima, a desidratação submete o coração, os pulmões e o sistema circulatório a um esforço excessivo, fazendo com que o coração tenha que trabalhar com mais força para bombear sangue ao corpo todo. E a prática do exercício físico se torna mais difícil a medida que diminui o volume de sangue e se eleva a temperatura corporal. Podemos perceber que estamos desidratados quando perdemos aproximadamente 2% do nosso peso corporal e quando nossa urina se torna mais escura.

 

Como o ciclista pode evitar e se prevenir?

Devemos beber água antes, durante e após o exercício.
Antes: Meio litro nos 30-60 minutos que antecedem o exercício.
Durante: Um litro para cada hora de exercício (o ritmo ideal é de 100 ml a cada 5 minutos). Todos sabemos que em um pedal é impossível beber um litro, até porque não temos um carro atrás de nós para ficar nos dando água. Mas sempre devemos ter em mente a importância da água durante o treinamento e a competição para nos manter hidratados.
Depois: Devemos beber meio litro para cada quilo de peso perdido. Como média aproximada devemos consumir líquido até que a urina seja abundante e transparente. O líquido não deve estar nem muito frio nem muito quente, pois isso retarda o esvaziamento gástrico. Não são adequadas as bebidas efervescentes e nem as bebidas de cola (muito açúcar, cafeína e poucos sais minerais).

 

Dica OGGI

Inserir carboidratos de rápida absorção ou bebidas isotônicas também é uma boa estratégia para manter a hidratação durante o pedal. Durante a prática da atividade física, consumimos nossas reservas energéticas de carboidratos, mais conhecidos como glicogênio. Os isotônicos são bebidas que apresentam em sua composição uma boa relação entre carboidratos e eletrólitos, normalmente apresentando uma concentração de 6-8% (osmolaridade da bebida). Essa concentração é importante para garantir que vamos absorver o carboidrato com eficiência e não vamos ter desconfortos intestinais.