« Voltar

Bicicleta Full-Suspension ou Hardtail, qual é melhor?

Bicicleta Full-Suspension ou Hardtail, qual é melhor?


Na dúvida sobre qual bike se encaixa melhor nos seus pedais? Então confira estas dicas que preparamos para você
Você está em busca de uma nova bike de alto desempenho e, no meio da pesquisa, se depara com a seguinte questão: Devo investir em uma bike com suspensão integral, ou apenas suspensão dianteira?

Como muitas coisas na vida, a resposta para esta pergunta é depende. Por isso, para tirar esta dúvida da sua cabeça, é importante entender os pontos fracos e fortes das hardtails, bikes com suspensão apenas na frente, e das full-suspension, que contam com amortecimento na frente e atrás. 

As vantagens da Full-suspension

MAIS CONFORTO – Parece meio óbvio, mas é importante dizer que, via de regra, a bike full é mais confortável do que a hardtail. Isso quer dizer que, muitas vezes, elas são indicadas para pedais longos, ou em terrenos mais esburacados. Muitas vezes, uma full como a Oggi Cattura Sport pode ser uma ótima opção para aquele longo de fim de semana, ou mesmo uma competição de maratona. 

MAIS CONTROLE Manter o pneu traseiro em contato com o terreno e reduzir os impactos e oscilações são apenas algumas das funções da suspensão traseira. Com ela, você ganha estabilidade sobre os buracos, além de uma dose adicional de tração, o que vale na hora de frear ou acelerar a bike. Modelos como a Cattura Pro T-20, por exemplo, são especialmente indicadas para trilhas mais técnicas e provas de XCO. 

TRAÇÃO NAS SUBIDAS – Como a suspensão se encarrega de manter o pneu em contato com o solo, a full é especialmente eficiente em subidas inclinadas em terrenos técnicos com raízes e pedras. Com ela, você patina menos. 

CORPO MENOS CANSADO – Por absorver os buracos, a full ajuda a economizar o corpo. Com ela, você provavelmente vai terminar seus pedais mais inteiro, o que permite pedalar com menos cansaço no dia seguinte. 

VERSATILIDADE Trilhas lisas, esburacadas, com pedras, raízes grandes e saltos. Seja o que for, normalmente é mais fácil pedalar uma full do que uma HT. Por isso, se você pedala em vários tipos de terreno, a full pode ser uma opção mais adequada. 

As vantagens da Hardtail

MAIS BARATAS E LEVE Por terem menos componentes, a bike sem suspensão traseira é mais barata do que uma semelhante, mas com suspensão traseira. Pelo mesmo motivo, a hardtail costuma pesar menos do que a full. A Agile Squadra XX1 2021, por exemplo, pesa aproximadamente míseros 9.4 kg

MAIS EFICIENTES – Mesmo comparado com uma full com a suspensão travada, a Hardtail tem uma eficiência muito grande em transferir a potência do ciclista. Isso quer dizer que, uma bike como a Agile Pro GX 2021, acelera como um foguete quando o piloto aplica força nos pedais. 

MENOS MANUTENÇÃO Como elas não tem pivôs, buchas e shock traseiro, a manutenção da hardtail é mais simples do que a da full suspension. Por isso, elas são indicadas para quem deseja um convívio simplificado com a bike

MAIS RÁPIDAS NA SUBIDA – A conta é simples: menos peso com mais eficiência significa mais velocidade nas subidas. Por isso, a hardtail pode ser uma boa pedida se suas pedaladas acontecem morro acima, principalmente em terrenos menos agressivos. 

MAIS DIVERTIDAS – Um ponto totalmente subjetivo, já que cada um se diverte de uma maneira diferente. Porém, andar de hardtail é sempre um prazer, já que ela aumenta o nível do desafio, exigindo mais habilidade do piloto nas descidas e trilhas técnicas – um prato cheio para quem gosta. 

As desvantagens da full suspension

Por serem mais complexas, as bikes com suspensão integral exigem mais atenção com a manutenção. Apesar de não ser nada de outro mundo, buchas, rolamentos e shock devem ser inspecionados, limpos e substituídos conforme o desgaste e a recomendação do fabricante.

Pelo mesmo motivo, elas costumam pesar um pouco mais, embora as bikes modernas tenham o peso altamente competitivo, a ponto de serem a escolha de pilotos profissionais como os atletas da Squadra Oggi. 

Mais peças também significam um preço mais elevado, não só por conta da quantidade de componentes, mas também pelo maior custo de desenvolvimento e construção de um quadro com suspensão integral. Além disso, em alguns casos, a full pode perder um pouco da eficiência de pedala, mas isso é resolvido com uma boa cinemática e com a trava. 

As desvantagens da Hardtail 

Mesmo sendo mais leves, o que facilita a vida do ciclista nas subidas, a hardtail costuma judiar mais de seu piloto. Afinal, suas pernas, tronco e braços precisam fazer o papel da suspensão traseira. Com isso, em pedais longos, você tende a se cansar mais. 

Nas descidas técnicas e esburacadas, você pode acabar perdendo velocidade em relação a full. Mas, não se engane: um piloto habilidoso será rápido com ou sem suspensão traseira. 

É preciso dosar melhor a potência da pedalada ao passar em obstáculos como raízes em subidas inclinadas. Nas descidas esburacadas, a hardtail exige atenção no freio traseiro, já que a roda tende a travar com mais facilidade.

Conclusão

A escolha entre hardtail ou full suspension vai depender do seu estilo de pedalada. Seja como for, opte sempre por bikes construídas e projetadas com qualidade – algo que toda a linha Oggi tem de sobra.