« Voltar

Dicas para encarar as subidas e melhorar seu rendimento

Dicas para encarar as subidas e melhorar seu rendimento

Se tem uma coisa que é desafiadora para alguns ciclistas, são as subidas longas e íngremes.
Saber encarar as subidas é fundamental para melhorar o seu rendimento, então confira algumas técnicas bem simples que trouxemos para você!

 

1 – Cuidado com a respiração

Quando estamos em uma situação de esforço máximo, é normal que o corpo humano responda a isso mantendo a respiração curta.
Nas subidas, esse mecanismo pode aparecer e comprometer o seu desempenho. Isso acontece devido à pouca captação de oxigênio, levando a musculatura à total exaustão.
Por isso, antes de entrar em uma subida, exercite respirações profundas.
Puxe o ar profunda e lentamente, soltando na mesma proporção.
Repita esse processo algumas vezes para baixar a frequência cardíaca.

2 – Atente-se à postura

A sua postura influencia muito em sua respiração e força para encarar uma subida.
Ao iniciar um trecho inclinado, mantenha o tronco sempre na posição ideal de pedalar.
Exceto quando uma inclinação for absurdamente fora do comum, não mude sua postura.
Se a subida for média e mesmo assim perceber que seu corpo está procurando uma posição mais confortável, possivelmente sua postura na bike precisa de correção.

3 – Utilize as marchas corretas

Pode parecer óbvio, mas você presta atenção na relação de marchas nas subidas?
Ao encarar uma ladeira, fique atento para a sua condição de força no momento para utilizar a marcha correta.
É possível selecionar uma marcha que ajude você a subir com mais facilidade e menos esforço, sem comprometer o desempenho da sua pedalada.

4 – Equilibre a força aplicada no pedal

Um fator decisivo para os mountain bikers é equilibrar a potência mais uniformemente a cada giro do pedal.
Então, na próxima vez que você for encarar uma escalada técnica e íngreme, aplique em seus pedais uma pressão para gerar um movimento mais uniforme e circular.

5 – Ajuste a calibragem certa para você

É incrível a diferença que seus pneus fazem no desempenho com a pressão correta.
Uma alta calibragem (pneu mais duro) pode dar mais resistência ao rolamento, porém quando você está escalando, a área de contato é menor, perdendo aderência e você acaba deixando de ganhar energia preciosa com o pneu derrapando.
Por outro lado, uma baixa pressão (pneu menos duro) pode dar uma maior resistência ao rolamento e um risco aumentado de furo por pancada.
Portanto, é importante encontrar a calibragem ideal para assegurar à aderência e a resistência ao pneu.
Faça um teste com pequenos aumentos e diminuições – um ou dois PSI – que podem fazer toda a diferença.
Por isso, recomendamos passar algum tempo experimentando com a pressão dos pneus para ver o que funciona melhor para você.

 

6 – E, por fim, pratique

A única maneira de obter melhores resultados é sair para pedalar e encarar subidas desafiadoras.
Uma outra dica é acrescentar quilometragem vertical em seus treinos, repetindo nas ladeiras mais leves o quanto puder.
Mas tenha paciência e saiba dosar o esforço durante a subida.
Não faça força antes da hora, isso poderá levar você à exaustão e a cansar demais antes do fim da meta.
Na próxima subida que fizer, tente utilizar essas dicas.
Deixe seus braços leves, sem tencionar os ombros.
Essa tensão dificulta a sua respiração e o trabalho de suas pernas.

Apenas relaxe e foque para melhorar a sua performance!