« Voltar

Como escolher um bom uniforme para andar de bike?

20 julho, 2022

Em busca de um novo uniforme para pedalar mas não sabe por onde começar? Confira o texto abaixo e entenda tudo sobre roupas de bike!

Se você já pedala há algum tempo, já deve ter percebido que as roupas convencionais não são as melhores opções para pedalar. Isso porque, os uniformes para ciclismo são mais confortáveis, aerodinâmicos e práticos, principalmente por conta da facilidade em controlar a temperatura e o suor, mas também pela praticidade dos bolsos traseiros da camisa e o conforto adicional da almofada das bermudas e bretelles de bike.

Mas, com milhares de opções no mercado, escolher um bom uniforme para pedalar nem sempre é uma tarefa simples. Por isso, conversamos com os especialistas da La Maglia, marca nacional de uniformes e patrocinadora da Squadra Oggi, para tirar todas as principais dúvidas sobre a roupa correta para os seus pedais!

Bermudas, bretelles, calças ou macaquinhos?

Antes de escolher a camisa que você vai usar nos seus pedais, o primeiro passo é decidir que tipo de parte de baixo é mais adequada para você.

 

“A bermuda e a calça são muito recomendadas para atletas iniciantes”, explicou Guth Henrique, responsável pelo desenvolvimento da La Maglia.

A grande vantagem dessas peças é o material respirável, o tecido que oferece compressão que melhora a circulação do sangue e, é claro, a almofada que ajuda a evitar as dores e incômodos causados pelo selim.

“Já o macaquinho tem um grande uso entre as mulheres pois ele “modela” o corpo sem marcar o elástico da camisa e da bermuda. O bretelle é o mais utilizado entre os ciclistas devido ao conforto e sustentação da alça durante a pedalada”, complementou o expert.

Roupas masculinas, femininas e infantis

Não é preciso dizer que as anatomias de homens, mulheres e crianças são bem diferentes, e por isso vale a pena sempre escolher um uniforme compatível com seu corpo.

“A principal diferença entre as peças é a modelagem, já que o corpo feminino e o masculino são diferentes. A modelagem é um fator muito importante para o conforto e o desempenho da peça”, explicou Guth.

“Algumas empresas como a La Maglia utilizam até forros diferenciados”, complementou. Em muitos casos, as emendas e desenhos do forro variam de posição, especialmente para evitar pontos de atrito que podem gerar incômodos e assaduras.

Se for pedalar muitas horas, opte pelo bretelle

Por não ter elástico na barriga, o bretelle costuma ser mais confortável em pedaladas que duram várias horas, e até mesmo por isso ele é o favorito dos atletas profissionais da Squadra Oggi.

 

“O bretelle é uma peça chave, pois a sua alça mantém a peça estável evitando que ela desça, evitando assaduras e melhorando o conforto e desempenho físico. Ele é indispensável para qualquer tipo de pedal ou pedalada”, explicou Guth.

Use a corta-vento e a segunda pele para controlar a temperatura do corpo

Nos dias mais frios, a melhor estratégia para manter o corpo aquecido é apostar em várias camadas de roupa, e não em uma peça única e pesada. A vantagem desta abordagem é que o ar preso entre as roupas funciona como um isolante térmico.

 

“O corta-vento não pode faltar em nenhum guarda-roupa de ciclista, ele é muito utilizado em dias de frio e clima mais ameno, e sua função é manter o corpo aquecido e proteger principalmente o peito e o pescoço do vento gelado”, explicou Guth.

Além disso, graças ao tecido especial, ele pode ser facilmente compactado e armazenado no bolso traseiro da camisa.

“Com opções de colete e manga longa, o corta-vento geralmente é prático e pode ser colocado e retirado do corpo com facilidade. Em alguns casos de pedais com muitas serras, alguns ciclistas colocam no momento da descida e retiram no momento da subida, para evitar acúmulo de suor”, complementou.

Além disso, ele também recomenda o uso de uma segunda pele, e isso não só nos dias frios.

“A segunda pele é fundamental para os dias mais frios, pois sua tecnologia permite uma evaporação mais rápida do suor, mantendo o corpo seco e regulando a temperatura.

Muitos ciclistas utilizam uma segunda pele de verão até para os dias quentes, evitando que o suor desça para o bretelle prevenindo assaduras”, explicou.

Opte por forros de qualidade

A “alma” de qualquer uniforme de ciclismo é o forro da bermuda. Afinal, é justamente em cima dele que você vai passar muitas e muitas horas sentados e, por conta disso, é preciso que ele tenha uma ótima qualidade e muita tecnologia para garantir o seu conforto.

 

“Uma das maiores diferenças da La Maglia é a origem de nossos forros, que são importados da Itália, país referência em produção de forros de qualidade. Outro detalhe que muda bastante é o tempo de pedal:

Temos o Evo, que é indicado para pedais de até 8 horas, seguido do Armadillo para pedaladas de até 10 horas e o novo Mengoshi, indicado para pedal acima de 12 horas. Além disso temos o Manta, que é um forro desenvolvido para melhor desempenho, indicado para uma prova ou um treino de alta performance”, firmou Guth.

E para o Enduro?

Se você é um piloto das modalidades de gravidade como o Enduro, vale destacar que muitas vezes vale a pena usar um bretelle por baixo de sua bermuda mais larga. Neste caso, opte por modelos com bolsos, que aumentam sua capacidade de carregar ferramentas e alimentos, mesmo sem contar com as camisas com bolsos traseiros.

Jerseys de ciclismo

A jersey ou camiseta de ciclismo também deve ter alguns detalhes importantes, mas os principais são o tecido, que deve ser respirável e oferecer proteção contra os raios solares, o ziper frontal que de preferência deve ser inteiriço e os bolsos traseiros que não podem ser muito rasos.

OGGI

Os produtos da La Maglia, por exemplo, possuem modelagem Fit, mangas com corte a laser e tecido com tecnologia que proporciona proteção com nível de bloqueio dos raios UVA e UVB superior a 96%. Além disso, o tecido com Dry transporta o suor para parte externa, com absorção instantânea e secagem rápida, mantendo o corpo seco e confortável.

Escolha o tamanho correto

Obviamente, de nada adianta utilizar um uniforme de alta qualidade e tecnologia se ele não for do tamanho correto para o seu corpo. Por isso, confira sempre as tabelas de tamanho e, antes de bater o martelo no seu novo uniforme, certifique-se de que ele vai vestir corretamente.

Além disso, lembre-se de que você pode optar por camisas com manga curta ou longa, e isso tem relação direta não só na proteção contra o frio, mas também contra os raios solares e até mesmo galhos, árvores e outras plantas que podem machucar seus braços, especialmente nas trilhas mais apertadas.

Faça seu estilo

“A La Maglia é uma empresa preocupada com o conforto durante a pedalada, com produtos testados ao extremo. Além da nossa linha de revenda, trabalhamos também com produtos personalizados. Com isso, você pode ter aquela peça de alta qualidade com o nome da sua equipe, grupo e até sua empresa”, finalizou Guth.

Por isso, faça como os pilotos da Squadra Oggi e, na hora que for pedalar, treinar ou competir, opte por roupas de alta qualidade – afinal, se você anda de Oggi, seu uniforme deve ter o mesmo nível de qualidade da sua bike!

Nos vemos nas trilhas.

Últimos posts