« Voltar

Manutenção pós-pedal – O que fazer na bike depois de uma pedala?

25 maio, 2022

Com alguns procedimentos simples, cuidar da sua bike fica muito mais fácil e ela dura muito mais

Como você já conferiu aqui no Blog da Oggi, existem muitas coisas que você pode fazer para manter a durabilidade da sua bike em alta, inclusive lavar e lubrificar sua magrela corretamente

Mas, imediatamente depois de cada pedalada, existem algumas atitudes que você pode tomar para deixar a vida da sua bike ainda melhor, e uma delas é uma manutenção rápida, que deve ser feita antes mesmo de colocar a bike dentro do carro, ou logo que você chegar em casa. 

1 – Tire o barro e a sujeira enquanto eles estão moles

Essa é uma que a gente aprende ainda criança, mas parece esquecer depois da idade adulta. Por isso, assim que chegar da pedalada, bata uma água na bike para tirar o barro e a sujeira antes que ela seque. 

Para quem vai pedalar usando o carro, muitas vezes isso é mais complicado, já que dificilmente você vai ter acesso à água. Além disso, a bike pode sujar o veículo e, mesmo que você coloque-a num rack externo, boa parte da sujeira já vai estar seca quando você chegar em casa. 

Por isso, a dica é deixar no carro um pulverizador de alta pressão, desses usados para regar plantas ou passar inseticidas. Trata-se de um equipamento simples e barato, que pode ser facilmente encontrado pela internet ou em locais que vendem produtos para jardinagem. 

Apesar de não dar pra fazer uma lavagem completa, dá pra usar o pulverizador para tirar o “grosso” da sujeira antes de voltar da trilha. Para isso, reserve alguns panos limpos, que vão ajudar você a tirar o barro e a dar uma secada na bike.

A dica é concentrar os esforços na área do movimento central, embaixo do tubo inferior e atrás da roda traseira, onde a sujeira se acumula mais e é mais chata de tirar.

2 – Limpe as hastes da suspensão

Se sua bike não ficou suja de barro depois do pedal, não faz muito sentido jogar água nela antes de colocá-la no carro. Mas, de uma forma ou de outra, tire o pó das hastas da suspensão usando um pano limpo ou uma escova de cerdas bem macias – o kit PARK TOOL BCB-4.2 tem uma escova ótima para isso.

Além disso, vale a pena dar uma atenção especial aos retentores da suspensão, tirando a sujeira deles. Lembre-se de limpá-las no sentido contrário ao retentor, para não empurrar a sujeira para dentro. 

Isso ajuda bastante a evitar que o componente seja contaminado com impurezas que podem danificá-lo, com o mesmo valendo para canotes retráteis. 

3 – Se tomou chuva, passe água limpa na bicicleta o quanto antes

A chuva em si não é um grande problema para a bicicleta, mas os produtos químicos e outros contaminantes que ficam no chão sim. Por isso, se você pegar chuva com a bike, vale a pena passar uma água limpa nela o quanto antes. 

 

Depois, seque a bike usando um pano limpo e, assim que possível, lave a bike corretamente, tomando bastante cuidado com a lubrificação correta.

Lembre-se de dar uma atenção especial para a corrente, já que muitas delas tendem a oxidar com certa facilidade quando expostas à umidade e produtos químicos, especialmente sem a proteção do lubrificante. 

4 – Se sua bike for elétrica, carregue a bateria 

Baterias de bicicletas elétricas não gostam de situações extremas de carga. Isso quer dizer que não devemos deixá-las totalmente carregadas, e nem totalmente descarregadas. Por isso, ao terminar o pedal, carregue sua elétrica até cerca de 50% da carga assim que possível. 

Antes da próxima pedalada, programe-se para terminar de carregar a bateria e sair para pedalar logo em seguida. Mantendo a carga entre 30% e 70%, seus rolês de elétrica terão energia por mais tempo.

5 – Limpe a transmissão com uma escova de cerdas duras

Usando uma escova fina e de cerdas duras como a GSC-1 GEARCLEAN da Park Tool, limpe a relação da bike apenas para tirar o excesso de sujeira. Para isso, você não precisa usar nenhum produto, já que a ideia mais uma vez é apenas “tirar o grosso”. 

Para isso, encoste a escova no cassete e gire os pedais para trás até que ele fique com a menor quantidade possível de sujeira. Depois, repita o processo nas roldanas do câmbio e na coroa. 

Por último, segure um pano ao redor da corrente, pela parte de baixo entre o cage do câmbio e a coroa, e gire os pedais para trás mais um pouco. Assim, quando chegar a hora de realmente lavar a bike, o processo será muito mais simples. 

6 – Use o rack como suporte

Se você tem um rack traseiro instalado no carro, uma ótima dica é colocar a bike no hack antes de fazer a limpeza básica. Com isso, ela fica bem presa e longe do chão, o que facilita bastante as coisas.

7 – Uma dica para você 

Ao terminar um pedal, é super importante limpar-se e trocar de roupa o quanto antes, mesmo que tomar um banho não seja possível. Para isso, leve toalhas limpas, um pacotinho de lenços umedecidos e uma muda de roupas – antes de arrancar a roupa no meio da rua, lembre-se dos bons costumes que todo ciclista deve ter nas trilhas e troque-se em um local apropriado. 

Muitos ciclistas têm o costume de parar para almoçar depois do pedal. Se este for seu caso, use o banheiro do local para tirar o bretelle sujo e suado e guarde-o dentro de um saco plástico, e dentro de uma mochila. Isso ajuda bastante a evitar irritações de pele e assaduras, além de ser muito mais higiênico. 

Com essas dicas, você e sua bike ficam prontas para a próxima aventura!

Nos vemos nos pedais!

 

Últimos posts